"A todos os amigos e visitantes de passagem por esse meu mundo a preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através de fotos que uso para compor esse espaço ou das notas musicais na voz de Nara Leão... que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"

11 de ago de 2012


Subterrâneos

atravesso a ponte para buscar um rosto
coloquei minha voz para quarar no anil
onde as rosas da mente não as podem podar
planto a cada dia uma outra chance de janela
e não me canso tolo de sofrer reveses
sou subterrâneo de minhas superfícies
deixo a água sempre limpa para que os cães bebam
e vou lá fora anônimo com capa de chuva
recolher os meus pedaços no jardim

Patricia Porto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não creias nos meus retratos, nenhum deles me revela.
Os meus retratos são vários e neles não terás nunca o meu rosto de poesia.

Gilka Machado