"A todos os amigos e visitantes de passagem por esse meu mundo a preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através de fotos que uso para compor esse espaço ou das notas musicais na voz de Nara Leão... que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"

30 de out de 2012


Trabalho de parto

brotam de meu ventre
versos repulsivos
abortos involuntários
criações de assombro
incham-me o sexo
secam-me as tetas
deixando em seu rastro
nessa casa maculada
a solidão do casulo

fina casca enegrecida
hábitat de sonhos

Elizeth Serrão Rodrigues

Um comentário:

Não creias nos meus retratos, nenhum deles me revela.
Os meus retratos são vários e neles não terás nunca o meu rosto de poesia.

Gilka Machado