"A todos os amigos e visitantes de passagem por esse meu mundo a preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através de fotos que uso para compor esse espaço ou das notas musicais na voz de Nara Leão... que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"

2 de out de 2012



Esquece o que eu escrevi, deita-te aqui perto 
e ouve só as minhas palavras sem sentido, 
o balbuciar que eu solto antes da voz, 
tudo o que há tanto tempo trago preso na garganta. 

 Nem o ritmo da cantilena aprendida na infância, 
nem a música da poesia: 
 ouve apenas o balbuciar, o sopro antes da voz, 
quase um estertor, mas a dizer agora 
que estamos vivos. 

  Luís Filipe Castro Mendes

Um comentário:

  1. Helena , estou encantada com seus blogs.
    Parabéns !!!
    Tudo belo , delicado , terno .
    Um presente para quem os visita , como eu .
    Quanta sensibilidade ...
    Obrigada pela partilha .
    Estarei sempre passeando pelos seus espaços .
    Um grande beijo

    ResponderExcluir

Não creias nos meus retratos, nenhum deles me revela.
Os meus retratos são vários e neles não terás nunca o meu rosto de poesia.

Gilka Machado