"A todos os amigos e visitantes de passagem por esse meu mundo a preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através de fotos que uso para compor esse espaço ou das notas musicais na voz de Nara Leão... que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"

16 de out de 2012


Esse lado de mim 

 Esse lado de mim que vive
 Desejando partir 
É minha metade forasteira, 
Selvagem e traiçoeira... 

 Chega ansiando ir embora, 
Parte pensando em voltar, 
E amarga uma impaciência que não controla... 

 Esse lado de mim que passeia pela vida 
Sorrindo diante do intocável, 
Brilhando olhos de lobo, 

 Voz mansa quebrando o silêncio, 
É a parte de mim que não sabe o que quer, 
Minha metade cansada, 
Frágil e sensível... 

 Deseja ser guiada por um sonho, 
Brincar na memória de alguém, 
Ser parte eterna de uma alma 
Que já aprendeu a amar... 

  Débora Böttcher

Um comentário:

Não creias nos meus retratos, nenhum deles me revela.
Os meus retratos são vários e neles não terás nunca o meu rosto de poesia.

Gilka Machado